Publicidade

ARTIGO

Estado de Pernambuco

Uma das 27 unidades federativas do Brasil, o Estado de Pernambuco está entre as primeiras regiões brasileiras a serem ocupadas pelos portugueses durante a colonização. Localizado no centro-leste da região Nordeste, conta com uma população total de 8.810.256 habitantes, distribuída em uma área territorial de 98.311 km2, segundo dados do IBGE em 2009. A produção agrícola é bem representada pelo cultivo da mandioca, do feijão, da cana-de-açúcar e do milho. Na pecuária, destacam-se as criações de bovinos e caprinos.

Hoje, destaca-se a consolidação dos setores de ponta da economia, principalmente aqueles ligados a serviços, que tornaram o estado conhecido por ser polo médico, polo gesseiro, polo em informática e em turismo. Isso se deu pelo fato de que, nos anos 90, ficou estabelecida uma constante tendência de modernização da administração pública. A atividade industrial está embasada na transformação de minerais não metálicos, no setor de confecções, mobiliário e curtume. Os principais produtos minerais são o calcário e a gipsita.

Recife é a mais antiga capital do país, que desempenha forte papel como centralizador da economia pernambucana. Em sua região metropolitana estão mais 14 cidades, que, junto a ela, formam um grande polo tecnológico, abrigando diversas multinacionais e forte atividade industrial ligada a construção civil. A região tem ainda importância turística e ecológica devido a existência do arquipélago de Fernando de Noronha, do qual grande parte consiste em Parque Nacional. Noronha tornou-se área de preservação que garante a proteção das espécies próprias do local, como é o caso dos famosos golfinhos rotadores, que, considerando o mundo inteiro, são vistos com maior frequência no local. Ainda em termos de turismo, o bloco carnavalesco chamado Galo da Madrugada, de Recife, foi considerado o maior do mundo pelo Guinnes Book de 1995.

Esses são resultados de uma história iniciada em 1501, com expedição de Gaspar Lemos. Em 1630, Pernambuco passou a ser administrado pela Companhia das Índias Ocidentais, que trouxe um governo renovador e tolerante. Nessa época, deu-se a realização de diversas obras de urbanização, a ampliação da lavoura de cana e a liberdade de culto. Com o tempo, o estado tornou-se um grande produtor de açúcar, do qual foi responsável por mais da metade das exportações durante muitos anos. A riqueza trouxe também colonizadores europeus, em especial holandeses, que fizeram de Pernambuco uma das primeiras regiões do país com acesso à documentação visual de sua paisagem e do modo como viviam seus habitantes.

Além dos colonizadores advindos da Holanda, as terras pernambucanas receberam também muitos africanos, portugueses, espanhóis, alemães, ingleses e árabes. A região possui grande importância histórica, sendo parte integrante de feitos importantes como a Guerra dos Mascates, a Revolução Pernambucana, a Confederação do Equador, a Revolta Praieira e a Batalha dos Guararapes, quando afirma-se que o exército brasileiro foi formado. Com a chegada do Brasil República, o estado iniciou a ampliação de sua área industrial, sem deixar de lado a exploração do açúcar. A década de 60 foi marcada por uma reestruturação econômica e pela ampliação da rede rodoviária, obras essas que evoluíram para a modernização que pode ser vista hoje. O estado possui também uma das primeiras redes ferroviárias brasileiras, a Recife – Cabo de Santo Agostinho.

Após um período de estagnação, na época que durou de 1985 à 1995, o crescimento estourou no fim do século XX e início do XXI. Atualmente, vêm sendo exploradas novas fontes de extrativismo, a produção de frutas ao longo do Rio São Francisco e de flores temperadas, que acontece principalmente no município de Gravatá. Os principais empreendimentos estão em setores como o alimentício, o químico, de materiais elétricos, de comunicações e as metalúrgicas. Enquanto isso, a monocultura da cana-de-açúcar tende a diminuir até tornar-se nula, perdendo todo o seu espaço para a indústria, o comércio e os serviços.

Fonte: Portal online do Governo do Estado de Pernambuco.

Portal online do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE.

by The Cities

Mapa

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2020 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2020 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...